barras-lateral-amarelo
barras-lateral-verde

POR QUE O SEU FUNDO DE PENSÃO INVESTE EM EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA?

Ao oferecer educação financeira e previdenciária, o fundo de pensão amplia a perspectiva de que seus participantes planejem adequadamente sua aposentadoria complementar

O sucesso no planejamento para a própria aposentadoria nunca dependeu tanto do participante. Por esse motivo, muitos fundos de pensão estão investindo em educação financeira e previdenciária. Afinal, qual a importância desse tipo de conhecimento para o planejamento adequado da aposentadoria? Existem várias respostas para esta pergunta e algumas delas podem ser pontuadas da seguinte forma:

1) O teto do INSS hoje está em R$ 5.189,82 (bruto) e este valor é muito aquém da renda de vários funcionários em fim de carreira. Esses dados mostram a importância da previdência complementar na vida de um trabalhador, que não quer diminuir drasticamente o seu padrão de vida quando estiver aposentado.

2) Uma pessoa que administra mal o seu dinheiro dificilmente terá a disciplina de contribuir mensalmente em um plano de previdência ou, ainda, aumentar o seu percentual de contribuição no plano, quando necessário. A educação financeira oferece ao participante mais condição de ser bem sucedido na tarefa de criar uma reserva financeira para a aposentadoria.

3) A educação previdenciária, por sua vez, permite que o participante tenha uma postura ativa na gestão do seu plano. Em outras palavras, quem está atento e consciente faz simulações periódicas com seus valores de contribuição; aproveita ao máximo o benefício fiscal que o seu plano oferece, e ainda, acompanha a gestão de seu fundo de pensão, contribuindo para que ela seja transparente e clara.

Em resumo, ao oferecer educação financeira e previdenciária, o fundo de pensão amplia a perspectiva de que seus participantes planejem adequadamente sua aposentadoria complementar e aproveitem melhor a oportunidade de ter acesso a um plano administrado por um fundo de pensão – uma instituição sem fins lucrativos.

Fonte: www.eletra.org.br

Deixe um comentário

aposentacao educar